quinta-feira, 21 de agosto de 2014

O PAD DA WIKIPÉDIA

Uma das pérolas do PAD que alguém abriu de forma política contra o blog perito.med (digo alguém pois não há denunciante formal no texto) vem do "relatório técnico" de uma integrante da Corregedoria do INSS tentando explicar porque deveria-se abrir um PAD contra um blog externo ao INSS.

Na hora de definir "blog", a competente técnica da corregedoria usou sabem o que? Não, não foi um tratado jurídico, muito menos uma jurisprudência do STF ou do STJ, nada disso. Usou a WIKIPÉDIA, exatamente senhores, um dos fundamentos do PAD contra os autores do perito.med se fundamenta no profundo conhecimento adquirido com a leitura da WIKIPEDIA, bem ao estilo "Dr. Google".

Pior é o ar de seriedade que a técnica dá ao conteúdo copiado da WIKIPEDIA, como se ela fosse a fonte do saber eterno.

E é assim, ao estilo WIKIPEDIA, que a Corregedoria do INSS autorizou gasto de dinheiro para perseguir peritos que denunciam fraudes e falcatruas que a mesma Corregedoria se nega a investigar.

O que será que o TCU vai achar disso tudo?

4 comentários:

Alexandre T Gripp disse...

O TCU vai achar que a wikipedia é a MATRIX e os gestores do INSS são aqueles homens de preto que ficam perseguindo o Francisco Keanu Reeves... kkkkkkkkk.

sergiotorrino disse...

Creio que todos querem um "personal Doctor". Agora o que todos não querem é pagar a conta.

ED TOR disse...

Quem sabe o item retirado da Wikipedia tenha sido editado por computadores do Governo Federal , afinal o grau de aparelhamento do Estado está enorme.
Quem sabe quem editou o usado na Wikipedia?
http://www.diariodopoder.com.br/noticias/computadores-da-presidencia-editaram-wikipedia-em-prol-de-dilma-e-padilha/

Snowden disse...

Wikipédia é cultura!
A gente aprende bastante só não pode ler coisa de políticos, do partido vermelho eles editam, vi no Jornal Globo!