quarta-feira, 27 de julho de 2016

CHEGA DE HIPOCRISIA. É PELOS R$ 60,00 SIM!!!!

Poucas vezes se viu tanto incômodo dos servidores do INSS em relação aos peritos quando após a publicação da MP 739/16.

A possibilidade dos peritos médicos ganharem um bônus pequeno em prol de se sacrificar em agendas lotadas enfrentando hordas e hordas de pessoas que farão de tudo para não perderem o benefício (principalmente as que NÃO MERECEM mais estar em benefício, como os 60 mil aposentados por invalidez com CNIS ativo, os centenas de milhares de beneficiários de auxílio-doença de longa duração com CNIS ativo ou provas de atividade laboral) parece que incomodou, MUITO, alguns pelegos. E mais, parece que despertou a FOME de alguns conhecidos lobos velhos vermelhos....

A "preocupação" é tanta que até sindicatos pelegos que nunca moveram uma grama a favor dos peritos passaram agora a querer advogar pelos peritos, vejam só.... Sempre na linha do "absurdo" que representa esse bônus... Alguns administrativos invejosos e hipócritas também caíram nessa repetem bordões de "não vou me vender", "bolsa perito", "vergonha", "ganhar para negar", dentre outros absurdos.

Até o falido e desmontado Sinsprev/SP, que nem a previdência representa pois está dominado pelos funcionários da Saúde e perdeu até mesmo a carta sindical pro SindiGabas (SINSSP), resolveu, ora só, lançar um "manifesto" dizendo que "não é pelos R$ 60,00"...

Quanta mentira, quanta inveja, quanta hipocrisia. São hipócritas!!! Muitos se fantasiaram de vestais da moral e dos bons costumes, arautos da ética e da moral, os probos e puros, para criticar o ganho de uma categoria alheia. 

É PELOS SESSENTA REAIS SIM SENHOR. Se tivessem ganho estariam todos felizes e CALADINHOS. 

Tanto assim que, pressionados pela base, os sindicatos foram de rabinho baixo procurar o INSS para pedir o que?? O que?? Os sessenta reais.... Ou seja, xinga na frente e atrás pede o mesmo? Diz que "não estão à venda" e pedem o mesmo "tutu" pro INSS? Isso sim é coisa de mercenário!!

Nas fotos, os "probos" e vestais do INSS, que não se "vendem", pedindo para serem "comprados" que nem os peritos médicos... Onde está a decência e a ética?

Querem enganar a quem? Se o Sinsprev, sindicato pelego, que não representa nenhum trabalhador da previdência, não quer os R$ 60, porque está em "off" pedindo "equivalência de tratamento" junto ao INSS?

E cadê a ética? Antes era uma ENORME preocupação com o "direito" do segurado, forçando a perícia a atender de qualquer jeito, sem processo, sem luz, sem água, sem segurança, sem sistema, tudo em nome do "direito" do cidadão, coitadinho etc., e agora estão bradando boicote? Que vão deixar o segurado plantado na APS sem ser atendido? Que vão "segurar" o processo? Agora precisa de processo então, né?

Que ética é essa, camaradas? Vocês perderam completamente a MORAL e o DIREITO de cobrar dos peritos doravante qualquer atendimento irregular... 

Essa escumalha que comanda esses sindicatos pelegos vermelhos dos administrativos está levando a carreira deles à bancarrota. Não culpem os peritos de quererem algo melhor para si. LUTEM por seus direitos, é difícil e dá trabalho, duas palavras que vermelhos odeiam, mas é a única alternativa. 

Acabou a era da boquinha, não existe mais Elisete nem Gabas. Entenderam? Vão trabalhar, pelegada!


13 comentários:

Rodrigo disse...

Primeiramente não sou ADMINISTRATIVO sou Técnico do Seguro Social, em relação a dita revisão deste que os Peritos convoquem os segurados, enviem os processos para a Procuradoria ( simmm precisa de processo caso tu não saiba o procedimento dos judiciais é diferenciado da pericia “normal”) faça os procedimentos de MOB por mim tranqüilo, agora se querem que eu faça a MAIOR parte do trabalho por que sim fazer a pericia é barbada o difícil é agüentar segurado querendo atacar Tecnico do seguro social, fazer processo do MOB etc..

Rodrigo disse...

Primeiramente não sou ADMINISTRATIVO sou Técnico do Seguro Social, em relação a dita revisão deste que os Peritos convoquem os segurados, enviem os processos para a Procuradoria ( simmm precisa de processo caso tu não saiba o procedimento dos judiciais é diferenciado da pericia “normal”) faça os procedimentos de MOB por mim tranqüilo, agora se querem que eu faça a MAIOR parte do trabalho por que sim fazer a pericia é barbada o difícil é agüentar segurado querendo atacar Tecnico do seguro social, fazer processo do MOB etc..

wilson quintino disse...

queda de telhado fratura exposta cotovelo E (olecrano)com extensão articular em 01/06/15 cid s52
complicações osteossíntese banda de tensão
-amplitude diminuída(rigidez flexão /extensão /supinação)
-artrose pós traumática
-pseudoartrose (pseudoconsolidação)
-sindrome manguito rotador (devido a queda)
-neuropatia nervo ulnar enmg
tudo comprovado exames sus hlpm mogi das cruzes s/p

ax1-23/07/15 estendido até janeiro por causa da greve
ax2-pp 29/1/16 deferido sala 8
ax3-pp 07/03/16 deferido sala 2
ax4-pp 20/05/16 indeferido laudo particular sala 8
ax5-pr 20/06/16 deferido sala8
ax6-pp 20/07/16 indeferido usando prerrogativa do mp 739
esse e o problema foi colocar no laudo a palavra definitivo ,e cessou meu beneficio os maus peritos vão prejudicar muita gente .
condroprotetores não funciona .
manipulação forçada nem comprovação cientifica têm
prótese de cotovelo e um horror só serve par mutilar as pessoas
alias existe uma cpi sobre órteses e próteses.

Faz de conta.... disse...

Mas é claro que é pelos R$ 60,00. Eu se trabalhasse em uma APS para trabalhar com perito que mal sabe ligar o computador certamente ia querer pelo menos metade disso. Sindicato dizer que se importa com a população, até parece. Na verdade a utiliza de escudo para se proteger da opiniao pública e do próprio governo.

Rafael Ribeiro disse...

Parabéns pelo bônus,pena q é temporário,espero que PERITOS atuem, avaliem segurados do inss com discernimento,o q não foi meu caso, levei laudos comprovando incapacidade "sem prognóstico de melhora"joelho aguardando o SUS para tentativa de cirurgia,onde certa perita disse que aux.doença seria para incapacidade temporária, e que como tenho APENAS 35 ANOS não poderia conceder ap.invalidez...acho que minha mãe uma "singela"faxineira não seria tão insensata em indeferir uma pessoa com Cid s72.4, m22.2, s72.0 ,m17.0...BRASIL? PERITOS? Os 2

Faz de conta.... disse...

Rodrigão, falou tudo. Baseado no que a gente vê e ouve, fazer perícia é uma baba. Basta saber ler, falar e ligar o computador. A última parte é a mais difícil para alguns.

Rodrigo Santiago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rodrigo Santiago disse...

Só se desdenha o que tem bastante valor!

Para ser técnico do seguro social não é necessário nem ter qualquer graduação.É um trabalho que qualquer perito pode e sabe fazer (ou: se não o souber, aprenderá em uma semana, querendo).

Diferentemente, para ser perito há que cursar 06 anos de medicina no mínimo (a média é de 10 anos de graduação e pós).Um técnico nem sabe e nem pode fazer o trabalho de um perito; só se graduar-se em medicina e passar em concurso do INSS.

Como é que ainda tem gente que tem a desfaçatez de dizer que trabalho de perito é barbada?Pode parecer barbada para quem estudou muito e adquiriu muita experiência ao periciar.

No entanto, ainda que tenha toda a experiência e conhecimento do mundo um ótimo perito nunca irá dizer que perícia seja barbada, exatamente porque conhece casos de alta complexidade, que envolvem simulação, lapso de provas, dissimulação e dúvidas técnicas de difícil equação.

A diferença é esta: peritos podem e sabem fazer trabalho de quem não é graduado no INSS.

A remuneração dos servidores públicos é regida pelo artigo 39 da CF e veda a isonomia salarial por conta dos critérios que estabelece: tanto maior é a remuneração quanto maiores os níveis de formação, a complexidade do trabalho, o risco e a responsabilidade.

Rodrigo Santiago disse...

Para você que é um observador de fora (que fica olhando quem muito estudou para formar juízos de valores técnicos médico-legais) e acha que (para quem você observa) perícia é barbada, responda-me as seguintes dúvidas periciais:

1. Colaboração nas leucemias crônicas:
Os paciente com LMC usando Glivec tem comprometimento laboral? Para que funções?
E os portadores de LLC?
Os sintomas B bastam para alegar incapacidadde laboral?
O que vamos fazer com os que possuem contraindicações ao transplante de medula? São portadores de neoplasia maligna incurável e portanto isentos de imposto de renda, mas a LLC pode cursar de forma lenta por décadas, potencialmente compatível com múltiplas atividades.

2. Tenho uma dúvida em relação a degeneração retiniana periférica - jovem de 30 anos ficou em auxílio-doença por quase 4 meses ano passado com este diagnóstico com laserterapia realizada em AO com sucesso cfe laudo do assistente - teve alta , trabalhava recolhendo lixo em caminhão . Retorna com atestado de oftalmo alegando deg. retiniana e que não pode realizar esforço físico , com AV AO 20/20 , sendo que agora afirma ser pintor de automóveis (autônomo) . Há alguma base científica para isso? O que o senhor faria?

3. segurado portador de ceratocone, trabalha em serviços gerais, admitido em julho de 2010, apos longo periodo como autônomo; em set/10 teve crise de hidropsia aguda com piora visual no OD que hoje está em 20/400 e AV no OE de 20/60 com trocas; em BI desde set/10. Fora encaminhado a XXXXX p/ tranplante mas alegou que não teve ajuda do SUS p/ lá comparecer e soube que um conhecido seu, XXX, teria operado com sucesso e lhe indicado o HXXX no XXX; assim foip/ lá encaminhado mas claramente não tem feito força p/ obter a consulta. Pergunto aos oftalmos: p/ a função de serv gerais, p/ a qual foi admitido como ceratocone, embora tendo tido complicação no OD, a AV no OE de 20/60 c/ trocas não seria sufuciente p/ exercer a atividade? Pois o mesmo me parece bem independente ao comparecer á APS, sempre com alegação de que enquanto não operar não se acha em condições de trabalhar. Aguardo respostas em breve se possível.

4. Sobre Espondilolistese, senhor "barbada":
É incapacitante ?? quando ??
O quadro doloroso tem caracteristica própria ?? é tipico ?? ou é semelhantes às da hérnia discal ??
Há uma manobra especifica para confirmação de que é a espondilistese a causa da dor ??
O lasègue pode ou não pode ou é positivo??
Qual é o principal complicador ( co-morbidade ) ??
Em que grau ou situação clinica esta indicado a cirurgia ??
O resultado cirurgico é sempre satisfatório ??
Qual o tempo médio para recuperação clinica ( quando bem tratado ) no tratamento conservador ??

Rodrigo Santiago disse...

5. Senhor "barbada", fibrilação atrial em trabalhador braçal.
Incapacita? Ou basta estar medicado? Favor fundamentar seu parecer

6. Senhor "barbada", sobre AIDS E BPC:

Pergunta bem específica: qual a nota O SENHOR dá no quesito Sistema Imunológico no componente body (b) do instrumento de avaliação para um portador de HIV com CD4 de 123, sem infecção oportunista ?

7. Segurada de 43 anos, costureira, trabalha no mínimo 3 anos em máquina Durkopp de acionamento em pedal, em pá. Refere dor e dificuldade de mobilidade de joelhos. Afastada em B-31 desde 02/03/2010.
RNM de condromalácia III de patelas bilateral e II de tróclea femural. Encaminhada ao CRP, caso encerrado pois a empresa não oferece outra função, inelegível para curso pois tem um previo de Aux de enfermagem....
Liberada pela perícia como capaz ao trabalho com vistas à decisão do CRP.
Perguntas:
1. O senhor já viu o funcionamento produtivo dessa máquina DURKOPP??
2. Condromalácea III pode ser, neste caso, considerada doença do trabalho?


8. Segurado de 59 anos, carpinteiro, com queixa de dor em punho direito e diagnóstico de doença de Kienbock. Punho com movimentos livres e sem alteração de trofismo. Ressonância (14/01/2011): Redução das dimensões e da intensidade do sinal do osso semi-lunar - DOENÇA KIENBOCK. Achados à RNM são sugestivos de artrite do punho direito. Artrite reumatóide? (laudo).
O segurado será submetido a cirurgia ainda sem data.
Pergunta: o segurado deverá permanecer afastado até a cirurgia? Favor fundamentar tecnicamente seu parecer.

ricardo rubin disse...

Boa noite rodrigo Santiago, Quanto ao seu comentário :
"Para ser técnico do seguro social não é necessário nem ter qualquer graduação.É um trabalho que qualquer perito pode e sabe fazer (ou: se não o souber, aprenderá em uma semana, querendo)."
Faço o seguinte questionamento: Um agricultor não tem qualquer graduação, no entanto, é um trabalho que qualquer pessoa conseguiria fazer? Digo isso pois qualquer profissão, repito, qualquer profissão poderia fazer uma lista de questionamentos técnicos como essa que o senhor fez a cima e garanto que não saberíamos responder.
Seu argumento é tão falho quanto o de quem afirma que a perícia é barbada.

R disse...

Rodrigo lacrou!

Médicos e Peritos disse...

Fazer perícia é uma baba? Então vão lá e façam, quero ver vocês fazendo UMA perícia simples... HAHAHAHAHA, imbecis.