quarta-feira, 25 de outubro de 2017

PASSE SUA LUA DE MEL COM A "DIRBEN-TUR" E GANHE ATÉ 12 MIL REAIS. ESSE É O "COMPLIANCE" PADRÃO INSS....

Ah, l´amour.... O amor é uma força arrebatadora, o amor pula muros, rompe barreiras, atravessa oceanos, e também infringe leis e comete improbidades....

Vejam um típico caso de desgoverno que só pode ser feito dentro de um contexto de total ausência de gestão, acefalia de presidente, aliado ao pouco valor que alguns diretores dão à lei e a seus currículos.

Diovana Gracieli Holdefer, a viçosa moça na foto à esquerda, é servidora técnica do seguro social, que estava lotada em Brasília até recentemente, quando foi exonerada de um cargo comissionado na DGP. A pedido, ela foi removida para Florianópolis, conforme já consta no Portal da Transparência:


A remoção de Diovana de Brasília para Florianópolis foi publicada no BS nº 154 de 11 de agosto de 2017, assinada pela Diretora-Substituta de Gestão de Pessoas, Mônica Arcoverde:


Pela lei, ela teve 30 dias para fazer o deslocamento entre Brasília e Florianópolis. Nesse período ela recebeu sem precisar trabalhar. Mas, que coincidência, no dia 11 de setembro, que seria o dia dela comparecer ao trabalho, ela entrou de férias. Reparem que ela já sabia que teria férias de 11 a 22 de setembro, pois em 11 de julho ela teve seu período de férias postergado para essas datas por força da Portaria nº 74 / DGP/INSS de 11/07/2017:




Que coincidência, não? Pois bem: de 11/08 a 10/09 ela ficou em trânsito e de 11/09 a 22/09 (sexta-feira) ela tirou férias. Tudo dentro das normas. Eis que....




Subitamente, Diovana ficou enferma, e foi afastada pelo SIASS de Florianópolis de 26/09 a 27/10/17. Como dia 22/09 foi sexta-feira, Diovana trabalhou apenas UM (01) DIA na nova lotação. E pela data, ainda está de licença médica, até a próxima sexta-feira 27/10. Detalhe que o período de "32" dias dado pelo SIASS é incomum, não se costuma dar datas quebradas, e por outra enorme coincidência, encaixa perfeitamente nas sexta-feiras.

Só que para surpresa de todos, a DIRBEN está convocando esta servidora para passar DOIS MESES em Brasília para auxiliar em trabalhos. A SCDP está pedida e aprovada pelo Diretor da DIRBEN, Alessandro Roosevelt e pelo Presidente do INSS, Leonardo Gadelha, o mesmo que meses atrás publicou memorando cortando orçamento de diárias e passagens a todo o INSS. Ela está convocada de 29/10 (domingo) até 21/12/17, quando começa o período de recesso de fim de ano. Por essas diárias, a servidora receberá quase R$ 12.000,00 (doze mil reais), fora passagens e seu salário, conforme discriminado abaixo:



Chama a atenção, além dos valores, das datas coincidentes e do fato de se convocar para Brasília uma servidora recém removida de lá, a peso de ouro, que este pedido da DIRBEN, que se encaixa perfeitamente no fim da licença-médica de Diovana, foi feito no período que ela está doente, portanto afastada.

Logo, minimamente, o Diretor Alessandro Roosevelt presumiu a melhora dela, e que ela não irá precisar prorrogar sua licença. E se essa informação partiu da própria, então a presunção é dela. Que doença é essa que afasta por 32 dias, sempre fechando as sexta-feiras e que de antemão o servidor sabe que não irá precisar prorrogar e já até se programa para ficar até o Natal em Brasília, recebendo diárias?

Muitos podem perguntar: Por que a DIRBEN e o Presidente Gadelha fariam isso? Não sabemos ainda a resposta, mas estas postagens públicas em rede social podem dar o caminho:




O felizardo acima que recebe o amoroso abraço da servidora Diovana é o Coordenação-Geral de Administração de Informações de Segurados, Saulo Milhomem dos Santos. Eles assumiram o namoro há pouco tempo. Ora, a Coordenação-Geral de Administração de Informações é justamente o local onde Diovana irá "prestar ajuda" regiamente paga a pedido do Diretor Alessandro Roosevent.

No seu instagram, Saulo fala em "Galera acha que está me fode..... mas na verdade, está me mandando para praia". Pelo visto, quando Saulo não vai à praia, a praia vai a Saulo....

Na foto à direita, ela aparenta muita felicidade nas redes sociais. Abaixo, as imagens explicam o porque:



Diovana responde aos amigos da rede social que ela pretende se mudar "de vez" para Florianópolis até o fim do ano ("espero estar em definitivo...") e anuncia que está estudando para concursos públicos, usando até a hashtag #estrategiaconcursos, com fotos dela estudando.

Com todo respeito, Presidente Gadelha, Diretor Alessandro Roosevelt, Coordenador Saulo, Coordenadora Mônica, SIASS do MTE e demais: às favas com a diplomacia...

Que palhaçada é essa?

Uma servidora namorada de um coordenador-geral da DIRBEN é "removida" de Brasília para Florianópolis em datas perfeitas, que coincidem o fim do período de trânsito com suas férias reagendadas. Trabalha UM dia e entra em licença médica, por 32 dias, que batem exatos numa sexta-feira, e antes de se saber se ela precisará de mais tempo, já está montado, demandado e aprovado pelo INSS seu retorno a Brasília, dessa vez recebendo 12 mil reais de diárias, para trabalhar no mesmo local de seu namorado, até o fim do ano, e a mesma posta mensagens em rede feliz da vida, dizendo que está estudando para concursos????

Presidente Gadelha, viu o que dá desaparecer do INSS? Essa desordem, essa imoralidade, é no vácuo da sua ausência. Não pode pagar diária para perito ir trabalhar no interior mas essa farra pode?

Diretor Alessandro Roosevelt, o senhor que já foi Auditor-Geral, isso está correto? É normal remover um servidor para outro Estado e menos de dois meses depois convocá-lo de volta ao custo de milhares de reais em diárias? Para ficar juntinho do namorado que trabalha na sua Diretoria?

Cadê a Corregedoria? Tão eficaz em caçar vínculos de 20 anos atrás de peritos médicos e que não enxerga algo suspeitíssimo e que sugere inclusive indícios de improbidade e fraude processual como esse caso?

Alô auditoria? Ah, não tem ninguém mesmo lá....

Diretora Mônica Arcoverde: Como a DGP se posiciona sobre isso?

Alessandro Roosevelt é o mentor, gestor e executor do projeto de Compliance do INSS? Esse é o seu entendimento sobre Compliance? Pelo visto, como na linguagem do exército, Compliance de Charlie é Romeo....

Por falar em Romeo, a "Julieta" da história vai continuar recebendo sem trabalhar, planejando o futuro às custas dos seus amigos do Bloco O, estudando para concurso quando deveria estar se tratando de doença, recebendo para estar de onde saiu a pedido há poucas semanas, e fica por isso mesmo?

Nenhum comentário: