quarta-feira, 18 de maio de 2016

SE O DESMONTE DA PREVIDÊNCIA COMEÇOU, NÃO SABEMOS, MAS O DA DIRETORIA DO INSS JÁ FOI.

Este blog atualiza os últimos passos da então poderosa diretoria do INSS nesses dias terminais em Brasília...

Presidente Elisete Berchiol - Literalmente presa ao cargo, tem gasto meia floresta amazônica por dia em papel no DOU com portarias e mais portarias, mas quando for exonerada já tem seu destino: Vai tirar todas as licenças-prêmio, trânsito, férias possíveis e em seguida irá se aposentar. Dona Conceição não vai ter o prazer de ver Elisete habilitando LOAS no balcão.

Ex-Presidente Lindolfo Sales - Já abandonou Brasília e voltou a dar aulas na UFRN, onde é professor de engenharia. Não voltou nem sequer pro gabinete do Senador Garibaldi Alves. Com isso adeus para as chances de Cinara Fredo continuar em Brasília. Lindolfo se queimou com o PMDB por ter sido um "presidente rainha da inglaterra" nas mãos de Gabas.

Diretora de Benefícios, Cinara Fredo - Não quer se humilhar voltando para Curitiba, onde habilitaria LOAS na APS Hauer. Como ex-Gerente de Curitiba, seria uma humilhação. Pediu remoção para Porto Alegre. Vão ela e suas plantas carnívoras. Cuidado gaúchos...

Diretor de Saúde do Trabalhador, Sérgio Carneiro - A perspectiva de ter que voltar para a APS Água Branca, GEx SP Norte, e fazer perícias médicas é absolutamente apavorador para nosso Carneiro. Conseguirá, provavelmente, um carguinho na Prefeitura de São Paulo (Haddad), onde já foi chefe de saúde do trabalhador no passado. Sérgio até aceita viajar menos de avião, mas trabalhar na linha de frente, jamé...

Diretor de Atendimento, Mário Sória - Marionete da Cinara, voltará ao ostracismo. Deve habilitar LOAS na APS Asa Sul, Brasília.

Diretor de Gestão de Pessoas, José Nunes - Depois da exoneração sumária da esposa do Senador Pimentel (seu patrocinador) pelo Governo Temer, perdeu as esperanças. Voltará ao Ceará, onde se aposentará. Era o único que tinha alguma chance de ficar.

Corregedor-Geral, Sílvio Seixas - Anos de perseguições a peritos e inimigos do PT, o corregedor, que não é do INSS e sim auditor-fiscal do Ministério da Fazenda, vai se aposentar e rezar para não ser pego em algum PAD futuro que possa ser aberto pelo conjunto de sua obra.

Secretário de Políticas da Previdência Social, Benedito Brunca - Não faz parte da diretoria atual, foi defenestrado por Lindolfo (no que foi um dos poucos atos de coragem deste em seu mandato). Mas refugiado na SPPS/MPS, sempre tramou seu retorno ao INSS. Com a extinção do MPS e de sua secretaria, agora ele faz lobby para ser novamente diretor ou até mesmo presidente do INSS. Brunca agora nega de pé junto que seja petista, diz que nunca foi amigo de Gabas nem Elisete e se identifica como "tucano". Não voltará para Cuiabá pois anos atrás conseguiu sua remoção para Brasília.

Procurador-Chefe da PFE, Alessandro Stefanutto (o pantera) - Continua em sua saga em querer ser o Presidente do INSS. Porém já sondou cargos em São Paulo para se refugiar quando descobrir que sua loucura de ser presidente do INSS não passará da primeira análise. O novo governo já foi avisado, pela ANMP, que se ele tiver algum cargo no INSS, os peritos vão parar novamente, por tempo indefinido, conforme um delegado da entidade me informou.

5 comentários:

Anônima disse...

Quando é que os Superintendentes e representantes tecnicos da Perícia vão ser substituídos ou exonerados?

Anônima disse...

Quando é que os Superintendentes e representantes tecnicos da Perícia vão ser substituídos ou exonerados?

Fernando Campêlo disse...

E a auditoria geral do INSS como fica?

Sami disse...

Quando trocarão os superitendentes e gerentes das APS e chefe da maioria das GEX e cprincipalmente a MAIORIA dos chefes do SST com camisa do PT em baixo de suas blusas , a limpa tem que ser feita

Iacob A. von Hohenstaufen disse...

Eu espero por uma LIMPEZA bem maior do que essa!