sábado, 16 de fevereiro de 2013

FELIPE PATURY - Flávio Dino inconformado com arquivamento

7:27, 15 DE FEBRUARY DE 2013 LEONEL ROCHA 

Presidente da Embratur, o ex-deputado Flávio Dino decidiu entrar com ação no Superior Tribunal de Justiça solicitando a abertura de processo contra a médica Isaura Costa Rodrigues Emidio e o Hospital Santa Lúcia. Dino quer impedir o arquivamento da ação que julgará a responsabilidade da médica e do hospital na morte do seu filho Marcelo, de 13 anos, há um ano, quando estava internado para tratamento de asma. O processo vai esclarecer se houve erro médico ou negligência no socorro ao rapaz.

Saiba mais:

6 comentários:

aldofranklin disse...

A Dra não é Deus! Fez o que podia, o que tava ao seu alcance! Ate o CRM ja se manifestou a favor da Dra!
Agora se o cara ta cego e nao quer aceitar a morte do filho e por conta disto fica futricando de todas as formas pra ver se acha um culpado, ele existe: Deus!
Ja no outro caso, demora no diagnostico? Não é chegar e ja se saber o que é que tem! Demora é a medicação chegar! 1 hora pra uma Insuficiência Respiratória é muita coisa...Por onde esse bebe de 2 meses andou?

Francisco Cardoso disse...

Enquanto esse senhor continua nessa busca insana de sangue medico para aplacar sua dor imensurável, o turismo no Brasil está afundando. Urge que a presidente retire-o do cargo para deixa-lo livre em sua vingança contra a quem acusa de ter matado seu filho e que alguem focado no turismo assuma a embratur.

Paulo Taveira disse...

Este sujeito ex juiz, ou ainda sei lá, quer por que quer dizer que asma não mata. Onde já se viu? Porque será que o filho dele foi para a UTI?O cara está cego de dor! e quer causar dor em todo mundo!

Marcelo Rasche disse...

Essas mortes que ninguém espera são as que mais revoltam os familiares.

Essa semana perdi um paciente por hemorragia interna devido ao uso de varfarina, com RNI nas alturas.

Alguns dos filhos do paciente queriam me agredir e me ameaçaram de me pegar na saída.

Herbert disse...

Já pensou se depois de tudo terminado do STF, e se favorável a ela, a Dra resolver dar o troco a esse senhor e o fazer passar por tudo que ela a fez passar, na justiça? (julgamentos, gastos e etc)

Francisco Cardoso disse...

Eu se fosse ela faria isso já, nem esperaria julgamento. Calunia, injuria, difamaçao e danos morais nesse senhor.